Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Gata Christie



Segunda-feira, 20.10.14

Da falta que um homem faz (8)

Uma pessoa abraça um filho que chora com uma ferida na cabeça. E abraça outro filho que chora de preocupação pelo mano. Uma pessoa faz-se de forte, porque tem de ser, percorre corredores ocupados por velhotes em macas, ignora as gotas de sangue na blusa branca, desenha letras para a criança ler enquanto espera a sua vez, ta-pe-te, po-te, pa-to, encara a ferida e finge que não é nada, fala baixinho enquanto a médica dá quatro pontos na testa, e chega a casa, exausta, depois de um serão passado nas urgências de Santa Maria, distribui miminhos e põe os miúdos na cama. E quando finalmente tudo termina e a casa fica em silêncio esta pessoa também precisava de um abraço e de alguém que lhe dissesse que vai correr tudo bem.

 

(sim, está tudo a correr bem, não há motivos para preocupações. e felizmente não estávamos sozinhos, estávamos com amigos que cuidaram de nós. sou uma sortuda. no meio da atrapalhação que é esta minha vida, e das várias tropelias em que os meus filhos se metem, tenho uma sorte imensa. e tenho muitas pessoas especiais na minha vida, com quem posso mesmo contar. nunca me esqueço disto. mas às vezes, só às vezes, precisava de um pouco mais.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Gata às 11:11


3 comentários

De Anónimo a 20.10.2014 às 13:43

Vai tudo correr bem! (com voz grossa)
;)
Bjs

De Nocas a 20.10.2014 às 14:07

Já aqui o disse várias vezes que me revejo em muitas das situações descritas. Inclusivamente tanto a nível de sentimentos, como formas de pensar, princípios que queremos passar, ou situações que acontecem. Neste caso é uma dessas situações, é incrível que na semana anterior passou-se o mesmo com um dos meus filhos e também foram 4 pontos inclusivamente e também tive que abraçar o outro que chorava com a preocupação, e também estavamos com amigos em casa para ficar com o outro... mas o turbilhão de emoções e situações foi exactamente o mesmo, a diferença é que pode ser partilhada a dois, e sim sem dúvida é deveras mais fácil, quando no final pude ter os tais miminhos e o "vai correr tudo bem". Mas é incrível como aqui leio sempre tantas coincidências, com a minha vida...
Força e vai correr tudo bem :)

De susana a 20.10.2014 às 14:46

Sim, hoje é o dia. Descobri este blogue por acaso, no entanto de cada vez que a leio, que a conheço mais um pouco, vou descobrindo tantas semelhanças com a minha vida, com a minha rotina, com os meus dias.
Porque sou mãe de dois rapazes(um com 9 e outro com quase, quase 4 anos ), porque em janeiro farei 2 anos que estou divorciada, porque valha-me a minha família e os amigos, que embora não sejam muitos, são os melhores. porque às vezes custa, doí, e sente-se aquela solidão que ninguém consegue (ainda) acalentar. porque são muitas as noites em que se chora à espera de um consolo maior.
Porque afinal, não estamos sós.
Aceite, um abraço
susana

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog