Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Gata Christie



Terça-feira, 22.04.14

Das coisas que me enervam

Nos preparativos para o baptismo, a catequista avisa que o António deve levar roupa clara e pede por favor para ele não usar ténis.

Porquê? O que é que deus tem contra as crianças de dez anos que usam ténis? O que é que isso interessa? Porque é que a igreja insiste em deter-se nos detalhes em vez de dar importância ao que é realmente importante?

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Gata às 11:41


9 comentários

De Sónia a 22.04.2014 às 12:48

Xapatinho branco, reluzente… Só assim se pode entrar no reino dos céus. Deus não gosta de ténis. Diz que cheiram mal.
:P

De Sofia LLevy a 22.04.2014 às 14:19

Sabes que isso deve depender muito das catequistas. A da Francisca não fez nenhum reparo sobre isso. Nenhum dos rapazes que foi batizado com ela foi de branco... e se tinham ou não ténis nem reparei :). Com as preparações todas para o batismo e as reuniões que tive com o padre, concluí que o padre tinha uma abertura muito maior que as catequistas. Beijinhos

De Maria João Machado a 22.04.2014 às 15:03

Porque, se derem importância a pequenos detalhes sem importância, não precisam de preocupar-se com os verdadeiros detalhes com importância, que dão muito mais trabalho.

De CECÍLIA a 22.04.2014 às 15:14

Não é a Igreja, são as pessoas e as pessoas somos nós :) é ir moendo, devagarinho. No entanto, os símbolos são importantes, neste caso o branco: o limpo, o que começa de fresco, o que começa. A cerimónia também, no sentido de festa e dia ímpar porque é único e não há outro.
Um beijo grande!

De Joana a 22.04.2014 às 21:14

As imposições parvas que impõem.
O importante é a pessoa ser baptizada se assim o quiser , ou melhor devia de ser assim.
Bom fim de semana

De Alexandra a 23.04.2014 às 10:53

deus não tem nada contra as crianças de 10 anos que usam ténis, daaaaaaaaaa. e tal interessa pouco realmente, nada no grand squeme of things! e a igreja ainda insiste em deter-se em detalhes da treta, inconcebíveis até, em vez de dar importância ao que realmente importa, MAS, neste caso, acho que é tão simples como querer que o dia da festa que é suposto ser o dia da 1ª Comunhão, se reflicta também na forma como as crianças se vestem. Querem que seja também através da roupa diferente que se faz a festa.
A partir de certa idade, foi assim que tentei explicar ao meu filho a minha vontade de ele, em certas ocasiões familiares (baptizados, aniversários avós, etc), vestir uma camisa ou sapatos diferentes dos eternos ténis. E a minha vontade traduzia-se em necessidade também - tentei explicar, porque ele não usa o mesmo tipo de roupa e calçado quando vai à praia ou quando vamos subir a serra, nem quando tem uma festa ou quando vai à escola. Para cada ocasião uma indumentária e, nos dias de festa, a "festividade que nos vai no coração" pode traduzir-se ou demonstrar-se também através dela (embora não se deva ficar por aí apenas como alguns... mas isso são outros 500 e eu sei que percebes). tenho dito ;)

De Anónimo a 23.04.2014 às 13:06

É normal irmos bem vestidos para uma ocasião que achamos importante. Eu não sou católica por isso não estou a defender a catequista e os padres mas tal como acho importante ir bem vestida para um casamento ou outra reunião não me choca nada que a criança tenha que ir bem vestida para estar no seu batizado. Não percebo é como se ofende com uma coisa tão mínima. É só trocar os sapatos ao miúdo. Se se quer ofender com alguma coisa na Igreja e na forma como as coisas funcionam tem muito por onde pegar. ;)

De Rita a 23.04.2014 às 14:34

Parece-me claro que é por uma questão de respeito. A moda dos ténis para tudo é feia e pouco elegante. Tudo depende da importância que se dá ao acto.

De Quando me encontrares a 05.05.2014 às 16:33

Fez bem em ir de ténis. :)
O meu foi baptizado de ténis, fez a Festa do Pai Nosso no domingo de ténis e fará a 1ª Comunhão para o ano de ténis. Porque só tem botas, ténis, sandálias e chinelos, como criança feliz que é.
Mas depende muito dos padres. O nosso é o primeiro a pedir aos pais que não comprem roupa propositadamente para estas ocasiões...

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog