Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Gata Christie



Segunda-feira, 14.07.14

Entre a avenida de Roma e a rotunda da Boavista

Com calor e sem obrigações escolares, os fins-de-semana transformam-se numa espécie de mini-férias. Este deu para tudo. Para irmos jantar com amigos ao Mercado da Ribeira, para vermos o novo filme dos 'Aviões', para termos um fim de tarde fabuloso na praia, para comermos caracóis com outros amigos, para ir andar de skate e, por acaso, assistirmos a uma aula de zumba no Parque das Nações (eu disse assistir, não participar), para ver a Alemanha ganhar a copa, para o António comprar o seu telemóvel, que ele pagou, todo orgulhoso, com o dinheiro que poupou das prendas de anos e do baptizado (o que sobrou já está a ser poupado para o i-pad). E até para passar duas horas assim:

Tínhamos, em consenso, decretado um período livre de tecnologias, sem televisão nem playstation nem computador (sem telemóvel, também), desde o lanche até à hora do futebol, e os miúdos lembraram-se de ir buscar o monopólio. Jogas connosco, mãe? Jogo, claro que jogo. Mesmo se eu não gosto nada de jogar monopólio, nunca gostei. E se precisamente por volta das seis da tarde de domingo estava num daqueles momentos de neura em que só me apetecia ficar deitadinha no meu canto sem que ninguém me chateasse. Mas jogo, claro que jogo. E divertimo-nos imenso. É por estas e por outras que os filhos nos fazem bem. E nos ajudam, sempre, a perceber o que é essencial.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Gata às 00:04


1 comentário

De Joana a 14.07.2014 às 09:32

Quantas vezes fazemos o que não nos apetece, por ele?
Quantas vezes nos apetece ficar sossegada sem ouvir ninguém, sem fazer nada e vamos fazer o que nos pedem?
Não queremos a felicidade deles?
E se eles estão felizes, nós acabamos por ficar.
Fim de semana bem cheio e que me deixou com inveja. Ai os caracóis!
Adoro.

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog