Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Gata Christie



Terça-feira, 29.12.15

Na estrada da fúria

Pronto. Já vi o tão falado Mad Max. Tenho um problema com os filmes de ficção científica e com os filmes de fantasia: quero encontrar uma lógica naquilo tudo e não é possível. Ponho-me a fazer perguntas: onde é que as pessoas moram? O que é que comem? E não precisam de dormir? E não fazem xixi? Quem são estas pessoas? São pessoas ou são o quê? Como é que chegaram até ali? Como é que voltaram? O que vai acontecer a seguir? Sei lá, minudências. Mas que a mim me impedem de "entrar" nos filmes por completo. Seja um Star Wars (ainda não vi este novo episódio e não faço grande questão) ou um Senhor dos Anéis. Aconteceu-me o mesmo com o Mad Max - Estrada da Fúria. Sou demasiado pés-na-terra. Claro que o facto de estar em casa, deitada no sofá, a ver o filme na minha pequena televisão teve alguma influência. Acredito que aquilo num ecrã gigante no escurinho do cinema seja outra coisa. E acho muito positivas as mensagens feminista e ecologista. E achei alguma graça à Charlize Theron careca e carracunda (mas não tem um braço porquê, alguém me explica?). Pronto. Já vi. Mad Max pode estar na lista dos melhores filmes do ano de vários críticos e até ganhar muitos Óscares. Mas tenho a certeza que daqui a um ano (um ano? um mês!) não irei lembrar-me de muito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Gata às 21:14




Pesquisar

Pesquisar no Blog