Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Não tinha grandes motivos para simpatizar com Pedro Passos Coelho mas agora ainda tenho menos, pois parece que decidiu anunciar com grande pompa que este natal, para poupar, não vai dar prendas às filhas mais velhas. vou passar por cima do pormenor relativo às mais velhas - que pai é este que trata de forma desigual os vários filhos - e até vou ser indulgente para com o facto de o senhor estar a gozar com a nossa cara - pois se ele não tem dinheiro para dar prendas de natal às filhas isso quer dizer que nós devemos ser todos uns miseráveis... e até nem vou perguntar quanto é que ele espera arrecadar com esta grande operação de poupança (o que é que ele lhes costuma oferecer? ferraris?) enfim. centremo-nos no que realmente importa. é natal, meu amigo. e eu sei que nem toda a gente é aficcionada pelo natal como eu mas, mesmo assim, desde sempre, até mesmo os pobres entre os pobres arranjam maneira de dar alguma coisa àqueles de quem gostam. alguma coisa. não precisa oferecer-lhes jóias caras nem perfumes de marca, por amor de deus. as melhores prendas, muitas vezes, são aquelas pequenas coisas que até custam pouco. compre um livro. um gancho para o cabelo. um quilo de bacalhau. faça tricot. faça um desenho. peça à empregada para cozinhar uns bolos ou umas compotas. sei lá, qualquer coisa. use a imaginação. é natal. e, depois, bom, eu também não sei em que é que o líder do psd gasta o seu dinheiro mas digamos que ele precisa de facto poupar uns trocos - por onde é que começa? não, não vai deixar de ir almoçar fora, nem de comprar gravatas, nem de viajar, nem começar a andar de autocarro, nem desligar a sport tv. nada disso. precisa poupar e por isso não vai dar prendas às filhas mais velhas. sim, senhor. e vai dar prendas a quem, pode-se saber? espero bem que também não dê prendas aos amigos nem aos sobrinhos nem aos empregados nem aos assessores.
e é esta a pessoa que quer tomar conta do que resta das finanças do nosso país.

publicado às 21:54


22 comentários

Sem imagem de perfil

Anónimo 01.12.2010

Um bom Natal a todos.

Gostei do texto pois espelha uma certa hipocrisia... Mas antes que os arautos do PSD, fiquem a espumar, essa hipocrisia é transversal!

No que diz respeito a almoços, é só ir a um certo hotel de Luxo para os lados da Lapa e de certeza que encontram Pedro Passos Coelho com o seu séquito a almoçar (Talvez sirva de desculpa que é o mais próximo da sede do partido). Ainda assim por vezes e com sorte em simultâneo, se encontra por lá José Sócrates.

Posto isto gostava que atentassem a mais 2 pormenores:
1- Pedro Passos Coelho ultimamente tem vindo dizer que esta crise não se resolve num mandato ou dois, seja do PS ou PSD (que é como quem diz: Se eu ganhar não vou resolver nada). É que ao contrário da imagem que ele tem passado de que o Governo é o responsável único da crise, esta deve-se em grande parte a circunstâncias e interesses que ultrapassam o país e ele sabe disso.(desde Agosto de 2008, que em certos meios no Reino Unido e EUA já se falava de ma conjuntura de crise)

2º - Ele já deu uma prendinha a todos os Portugueses, ou quem julgam que andou a "alertar" o FMI, sobre Portugal. Aliás já há um responsável para gerir Portugal caso o FMI cá entre, um senhor português cujo nome me escapa e é ou era braço direito de Manuela Ferreira Leite.

Tudo isto tem passado nas notícias, mantenham-se sim atentos a isso...
Sem imagem de perfil

Joaninha.porto 01.12.2010

Via "coconafralda" vim cá parar e pronto..os políticos perderam o tino. Aquele pouco que tinham.
Sem imagem de perfil

Jane 01.12.2010

Caro/a anónimo/a que desejou um bom Natal a todos...:
Se você tivesse muito dinheiro (parto eu do princípio que não tem, mesmo que tenha, o que tanto me faz) continuava a ir a restaurantes mais baratuxos, era? Claro que de vez em quando ia a um ou outro de fast-food, mas almoços e jantares de amigos ou família, com TODA a certeza que, se tivesse dinheiro, procuraria ir aos melhores restaurantes.
É fácil dizer onde os políticos gastam o dinheiro, mas esquecem-se de, quando falam nisso, se porem no lugar deles.

E outra coisa. Tantos anónimos aqui. Anda tudo a pesquisar no google sobre o assunto, ou são pessoas que não têm coragem de mostrar o perfil? Têm todo o direito, pois claro. Mas...porquê?
Sem imagem de perfil

Só sedas 01.12.2010

Sim, realamente a medida além de insuficiente é ridícula e pouco credível. Enfim... é um politico! Fazer o que?
Sem imagem de perfil

Me,myself & I! 01.12.2010

Não podia concordar mais!
Acredita!
Sem imagem de perfil

Anónimo 02.12.2010

Demagogia barata!
Quando era um pé rapado se calhar dava prendas, desde que foi apadrinhado pelo Angelo Correia, deu-lhe para isto, coitado...
Em resposta à Jane: Não sabe há quantos anos o Cavaco está no poder? Onde estão oslacaios dele? Todos bem de vida, claro, à custa dos dinheiros da Ce e de falcatruas, olha os amigos do BPN? Cambada de ignorantes!
Sem imagem de perfil

Patty 02.12.2010

Exactamente. Demagogia. Deturpar o que uma pessoa diz para justificar uma opinião própria.
Sem imagem de perfil

Isa 02.12.2010

Mas porque é que agora escrevem com letra minuscula a seguir aos pontos? A mim estraga-me a leitura :-(
Sem imagem de perfil

marisa 02.12.2010

no ano passado resolvi fazer umas prendas para começar aos poucos a desmistificar o habito de tudo o que bom tem de ser comprado e caro. Então fiz uns sabonetes organicos e muito cheirosos em forma de peça de puzzle. Minha mae adorou tal como outros elementos -como primos mais novos- não so pela originalidade como por ter sido eu a fazer. Pois bem, mas sogra nem sequer achou piada...disse: "ah giro" pondo logo de lado e abrindo uma prenda real-como mencionou. O facto foi unico mas magoou.
Contudo este ano irei fazer novamente prendas mas este ano o tema não é higiene mas sim estômago, portanto sairão-espero- umas compotas de kiwi e bolachas de gengibre. Talvez na da sogra coloque malagueta lol.
E apesar do dinheiro que ganha, acho um bom exemplo desse Coelho...talvez o de classe media tambem o faça, já que é quem mais se queixa mas mais gasta.

Oh Jane, a culpa foi dos governos anteriores...uma crise não se constroi num so governo. E desde quando leites achocolatado e sumos são bens de primeira necessidade??Só em casa de gente armada em rica ou que recebe o subsidio. È que se assim fosse os nossos pais tavam mortos porque não usufruiram desses bens essenciais. São tão essenciais que estão a contribuir para a crescente obsedidade infantil e diabetes tipo II em crianças.
Sem imagem de perfil

cr 02.12.2010

O grande problema desta gente, que se julga de bons costumes e bons exemplos ( aquem querem enganar, somos pobres mas não estupidos )...é que não entendem o VERDADEIRO SIGNIFICADO DE UMA PRENDA, para eles uma prenda mexe até com o défice, mas não percebem que até podem comprar algo que custe 5 euros ou até menos,porque o que vale mesmo é o simbolismo...
É triste crescer, devem pensar os filhos ou filhas mais velhas deste idiota, por serem crescidinhos não recebem prendas,ou melhor também não recebem atenção do progenitor, porque este quer lá saber deles, o que quer mesmo é olhar pela sua pequerruxa, os outros não interessam nada. Tantos anos a fazer prendinhas do dia do Pai, para ouvir isto.
Este PPC não existe, espera-nos o politiquinho correcto, que poupa nas prendas dos filhos crescidos, que bom.
Mesmo os meus pais quando viviam em situação mais dramática de dificuldades,anos muito atrás do 25 de Abril de 74, nunca deixaram de colocar no sapatinho um agrado, que não tinha quase valor monetário, mas para nós filhas eram as melhores prendas do mundo.

Comentar post




Mais sobre mim

foto do autor