Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Perceber que, apesar de estarmos sempre a mal-dizer o nosso país, ainda nos emocionamos com o hino e torcemos e sofremos e até ficamos ligeira e momentaneamente chateados com a derrota da selecção.

Controlar a ira quando ouvimos a criança a dizer "afinal eu até gosto da Espanha" e aproveitar a oportunidade para explicar que, no futebol como na vida, torcemos pela nossa equipa, contra tudo e contra todos, mesmo que ela esteja a ser humilhada e a perder por oito a zero.
Não se pode só gostar dos que ganham, digo eu.
Porquê?, pergunta ele.
Defitinitivamente, temos de voltar a este assunto.

publicado às 22:25


Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor