Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Que, por uma questão de rigor estatístico, se contabilize o número de filhos por mulher parece-me razoável. São elas que os têm e podem tê-los com vários parceiros, seria complicado fazer as contas de outra forma.
Que, depois, se escrevam artigos de jornal inteiros a perorar sobre o facto de "as portuguesas" só terem um filho e das dificuldades em conciliar "a maternidade" e a profissão, sem nunca mencionar a vontade ou os constrangimentos dos pais já me parece uma estupidez. Não são as mães que têm filhos únicos. São as famílias.


* Título publicado ontem no jornal 'i'. O "dão" também é todo um programa. Dão?

publicado às 23:40


Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor