Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



28
Jul07

Mesa posta

Língua estufada. Pombos de cebolada. Codornizes fritas. Açorda de beldroegas. E de espinafres. E de tomate. Açorda de alho. Cabidela. Cozido à portuguesa. Desde que saí de casa dos meus pais que deixei de comer uma série de pratos de que gostava. A minha alimentação é uma monotonia de grelhados de diversas carnes, arroz e salada. Às vezes uma jardineira. Um frango com um molho qualquer. Muitas massas. Pizzas na brasa e lasanhas Marco Bellini. Nunca mais comi rins nem iscas. Raramente faço peixe. Muito menos peixe frito ou grelhado, incomodam-me os fumos e os cheiros. Não sei fazer coelho. Nem caldeirada. Nem costoletas de borrego. Atrevo-me na feijoada, desde que os feijões venham na lata, e faço uns bons ovos mexidos. Sei fazer umas torradas de chorar por mais. E uns flocos divinais. Há dias em que tenho alguma fome.

publicado às 12:10


Mais sobre mim

foto do autor