Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



16
Set09

Embalar

Podes adormecer-me como fazes com o mano? E, então, hoje não houve livros nem histórias. Ele enroscou-se no meu colo, as pernas compridas de mais sobre a cama, a cabeça no meu peito, os braços a doerem-me quando o tentava baloiçar, e fechou os olhos, muito queitinho, enquanto eu cantava com a voz embargada eu sei e você sabe já que a vida quis assim que nada nesse mundo levará você de mim e lhe ia dando beijinhos na testa.

Tags:

publicado às 22:56


Mais sobre mim

foto do autor