Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Aquele momento de 'Lost in Translation' sobre o dia que mudou tudo. O que é assustador. Mas é bom ao mesmo tempo.

publicado às 22:26

Tags:

publicado às 10:29

Gosto de palavras. De as ler. E de as escrever.
Gosto de ir ao cinema.
Gosto do chico, do caetano e dessa turma toda.
Gosto de dançar.
Gosto de ver dançar.
Gosto de me emocionar no teatro, e é tão raro.
Gosto de margaritas, caipirinhas e mojitos. E sangria quando é boa.
Gosto de festas.
Gosto de comer. Gosto de feijoada, de todas as maneiras de feijoada. Gosto de chocolate, de todas as maneiras de chocolate.
Gosto de conversar.
Gosto do natal.
Gosto de estudar. A sério, não é piada. Gosto de aprender. Gosto de bibliotecas.
Gosto de passear.
Gosto do meu alentejo. Das cores, da planície, dos cheiros, do silêncio, das memórias. Da sensação de estar em casa.
Gosto do sol no inverno.
Gosto de praias desertas.
Gosto de esplanadas.
Gosto de ficar sentada só a ver o que se passa.
Gosto de sonhar.
Gosto de rir.
Gosto de gostar.
Gosto de abraços.
Gosto muito dos abraços dos meus filhos.
Gosto de os fazer felizes. De os ver felizes. De os imaginar felizes.
Gostei muito de estar grávida.
Gosto das minhas gajas e de mais umas quantas pessoas amigas.
Gosto de ser a mana mais nova.
Gosto quando corre tudo bem.

Não gosto de mentiras.
Não gosto de carne mal passada.
Não gosto de falar ao telefone.
Não gosto de pessoas demasiado vaidosas. Não gosto de pessoas arrogantes.
Não gosto de lidar com incompetentes.
Não gosto de atrasos.
Não gosto de comprar roupa. Não gosto de seguir a moda. Não gosto das modas.
Não gosto de brincos nem de pulseiras.
Não gosto de ter de pensar em dinheiro.
Não gosto de os ver tristes.
Não gosto de não gostar, mas acontece-me cada vez mais, deve ser da idade.
Não gosto que me mintam (porque nunca é demais dizê-lo).

Gosto e não gosto de mais coisas mas acho que estas bastam para fazer a Lina feliz.

Tags:

publicado às 22:56

'Dentro do Segredo', de José Luís Peixoto. Algures entre o fascínio e a incredibilidade.

Tags:

publicado às 21:34


Tags:

publicado às 00:31


Tags:

publicado às 00:30

Motherlode é uma página do New York Times que reúne uma série de gente muito diferente mas a escrever bem e a pensar sobre esta coisa de ter filhos e famílias e vê-los crescer e educá-los e etc. Nem sempre concordo com o que leio mas vale sempre a pena a viagem. Por exemplo, para ficar a saber, que engraçado, que aquela conversa das crianças que incomodam os outros nas esplanadas não é um exclusivo nacional.

Tags:

publicado às 10:19

É. Pode não ser fácil mas lá conseguimos. O mais complicado mesmo é aprender a viver com os erros dos outros.

Tags:

publicado às 09:58

A exposição chama-se 'O Rio é uma festa' e reúne (não sei quantas mas são muitas) fotografias de José Medeiros (1921-1990), fotógrafo brasileiro. As imagens dos anos de 1940 a 1960 e tal são todas a preto e branco e todas belas e é um prazer passear por entre elas e reconhecer, mesmo sem nunca ter estado no Rio de Janeiro, como é o meu caso, todas aquelas referências - Copacabana, o Pão de Açúcar, as garotas de fato de banho, Getúlio Vargas, o carnaval, os bondinhos, os ternos brancos, os malandros dos morros, o futebol, os botecos, os bailes, os negros, as boites, vinicius, niemeyer e tom. Ainda por cima, não se paga para ver, e dá para almoçar mesmo ali.
No Bes Arte & Finança, junto ao Marquês de Pombal, até 4 de abril.

publicado às 23:30

11
Fev13

Genial

Aquelas coisas que sempre dissemos que não iamos fazer mas que, afinal, vendo bem, quer-se dizer, uma mulher não é de ferro, pois não?

Tags:

publicado às 23:12

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor