Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Gosto dos regressos às aulas. Sempre gostei. Daquela coisa de ter livros novos e forrar os cadernos e pôr autocolantes com bonecos e comprar lápis e canetas a estrear. Gosto do regresso às aulas dos meus filhos. Não temos mochilas novas - comprei há três anos e ainda duram, surpreendam-se - mas temos umas mochilas herdadas do filho de um colega meu que foram lavadas e estão como novas. Só para eles poderem variar e ter o Ben 10 em vez do Homem Aranha. Fomos ao supermercado comprar todo o material necessário (uma pipa de massa, nem me falem). Ajudei o António a organizar-se para este regresso. Dei uns quantos sermões. Que tem de ser mais responsável, não se pode esquecer dos trabalhos nem dos recados. Que tem de estudar por causa dos exames (pois, tem de ser, temos de dizer estas coisas, por muito que nos custe). Que aprender é a base para tudo na vida. Colámos os horários na porta do frigorífico. Depois, bom, depois tive uma semana de cão, a trabalhar à noite e quase sem tempo para nada. Não pude acompanhá-los nestes primeiros dias nem fui à reunião com a professora do mais velho. Passou-me quase tudo ao lado. Mas esta semana estou a recuperar o tempo perdido. Gosto do regresso às aulas. Gosto de perceber que matérias estão a dar e ir procurar livros para os ajudar. Gosto dos trabalhos que implicam pesquisar e ter ideias e ajudá-los a preparar as apresentações. Não gosto das fichas nem dos trabalhos de casa de seca mas gosto disto. De escolhermos fotografias das férias para o Pedro mostrar aos amigos. Quero uma cartolina vermelha, exigiu. Vermelha de um lado e do outro de todas as cores. Gosto de andarmos à procura de fotografias do Brasil para o trabalho do António. Escolhi a América do Sul porque é onde o pai está, explicou-me. Pegámos no globo, mostrei-lhe os continentes e falei-lhe do Pedro Álvares Cabral. Estivemos a ver livros e a fazer o plano. Um bocadinho de história, a floresta Amazónia, o Carnaval. E o Neymar também é brasileiro, posso falar dele? E assim vamos. Mais um ano. Boa sorte.

publicado às 14:10

Ter a casa só para mim e em silêncio de manhã. Sentir o cheiro do café que pinga pinga na máquina. Encher uma caneca e começar o dia a fazer mil planos.

publicado às 09:44


Mais sobre mim

foto do autor