Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Há dias que correm tão bem.

E depois há dias em que a vida escapa ao meu controlo e sinto que não vou conseguir. Porque é impossível conseguir conciliar o horário da escola e das actividades com o meu horário de trabalho e as reuniões de pais e as compras e as outras coisas todas que temos para fazer, que parece que calha tudo na mesma altura, e ainda pensar que devia ajudar o António a estudar para os testes desta semana mas não vou conseguir porque chegamos a casa às oito da noite (às vezes mais tarde) e a essa hora já não dá, e depois vou estar a trabalhar no fim-de-semana e eles têm de ir dormir a casa dos avós e por isso vou ter de dizer ao Pedro que não pode ir à festa de anos do melhor amigo porque não há quem o leve e traga e também não vou conseguir outra vez ajudar o António a estudar para o teste de segunda-feira porque vou trabalhar até às 9 da noite de domingo e é impossível.

É impossível, não vou conseguir. E isso deixa-me de rastos.

publicado às 22:30

26
Mar14

Os brioches

O sorteio é uma anedota. Mas daquelas muito más, que não dão vontade de rir.

publicado às 15:19


Mais sobre mim

foto do autor