Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A coisa mais importante que aconteceu este fim-de-semana foi a festa do Pedro. Posso escrever o mesmo post todos os anos pois todos os anos sinto o mesmo. Não há nada que me faça mais feliz do que vê-los felizes e os aniversários são sempre momentos de grande felicidade. Que bom é ser criança e ficar feliz assim, a brincar, de joelhos esfolados, e a comer salame de chocolate. Que bom é reunir a família em nossa casa, sermos tantos que não cabemos na nossa mesa minúscula, é tão raro mas tão bom. 

As outras coisas que aconteceram este fim-de-semana foram:

IMG_1169.JPG

 brincar com todos os brinquedos novos oferecidos pelos amigos;

IMG_1170.JPG

 estudar a reprodução dos animais para o teste de ciências (sabiam que os ovos têm uma câmara de ar?);

IMG_1189.JPG

 ir ao parque, jogar à bola, correr e descalçar os sapatos para sentir as pedrinhas nos pés; 

IMG_1177.JPG

fazer milhares de acrobacias. e, sim, estar de cabeça para baixo continua a ser um grande divertimento.

Tags:

publicado às 22:08

Foi um privilégio assistir ao início disto tudo. É um privilégio continuar a acompanhar a felicidade e o amor da Sónia e do Ricardo. Eles fizeram 15 anos de casados. E a festa foi boa demais.

sonia15.jpgEu estava a trabalhar (acho que estou sempre a trabalhar nos fins-de-semana em que acontecem coisas importantes) mas consegui estar lá outra vez, a brindar com eles, e a tentar perceber qual é o segredo das histórias de amor felizes e para sempre. É por causa deles, e de outros como eles, que eu conheço na vida real e não só nos filmes, que eu continuo a acreditar.

(as fotografias foram roubadas à Cristina, que acompanhou tudinho)

publicado às 23:19

Não tem sido fácil, meus caros. Eu não gosto de me queixar mas a verdade é que mais de dois meses depois do "acidente" já não me dói a andar e até consigo passar um bom par de horas sem pensar na lesão mas ainda tenho dores muito precisas e agudas quando faço determinados movimentos ou quando estou em algumas posições. De maneiras que, como a malta já não é nova e parece que isto de deixar que o corpo se cure por si já não resulta como antes, hoje comecei a fazer fisioterapia. Durante três semanas vou andar a fazer exercícios e massagens e tratamentos com lasers e essas coisas sofisticadas. Numa primeira impressão, posso dizer que devo ser a mais nova ali, àquela hora matinal, mas que os velhinhos que lá estavam a fazer exercícios com bolas coloridas se devem ter rido bastante da minha figura desesperada quando tive que levantar a perna não sei quantas vezes seguidas com um peso de um quilo atado ao tornozelo. Já não me lembrava porque é que odeio tanto ir a ginásios.

publicado às 00:01

É uma das canções de amor preferidas do João. E minha também.

Songbird. Dos Fleetwood Mac.

"For you, there'll be no more crying,
For you, the sun will be shining,
And I feel that when I'm with you,
It's alright, I know it's right
To you, I'll give the world
to you, I'll never be cold
'Cause I feel that when I'm with you,
It's alright, I know it's right.
And the songbirds are singing,
Like they know the score,
And I love you, I love you, I love you,
Like never before.
And I wish you all the love in the world,
But most of all, I wish it from myself.
And the songbirds keep singing,
Like they know the score,
And I love you, I love you, I love you,
Like never before, like never before."

Tags:

publicado às 17:56

Os meus filhos comem cereais ao pequeno-almoço.

E agora? Vão chamar a protecção de menores?

publicado às 09:54

"A maior parte das salas das chamadas 'sociedade de educação e recreio' não oferecem o mínimo de condições higiénicas, estando algumas instaladas em verdadeiros tugúrios onde o povo acorre em busca deste género de divertimentos. (...) As danças modernas, pela sensualidade melíflua ou descongestionada dos seus acordes, são inteiramente imorais, e a execução e circunstâncias que as rodeiam demonstram à sociedade que o baile - hoje mais do que qualquer época - é um instrumento de perversão. A atmosfera sensual que se respira, a impudícia das vestes femininas, o cúmplice afrouxamento das luzes, a irresponsabilidade do aglomerado, propiciam a evasão, criando um estado de passividade favorável a influências deletérias."

Luís Filipe Mimoso Reis, "Os Costumes e os Bailes" in Boletim de Acção Católica, junho de 1953, citado no livro que ando a ler.

publicado às 11:20

18
Mai15

Campeões

férias1.jpgHá dias em que tudo faz sentido. Hoje o Pedro faz sete anos. 

(a foto é de 2011)

Tags:

publicado às 10:21

15
Mai15

Está sol

Também está um vendaval terrível. Mas está sol. E a vida continua. 

Com música de Noah and the Whale.

Tags:

publicado às 09:19

12
Mai15

Servir

Meninas de 12 anos, algumas nem isso, que vinham das aldeias para servir em casas de famílias ricas ou não tão ricas assim em Lisboa. Meninas ainda mas já a tomar conta de bebés, a limpar as casas, a fazer recados, a serem assediadas pelos patrões. A ganhar pouco ou nada. Longe das famílias. Era assim o Portugal do Estado Novo. Aquele Portugal que vemos nos filmes antigos, onde se faz a apologia dos bons costumes, dos pobrezinhos mas honrados, da obediência (e serviliência) ao chefe de família (e a salazar e a deus). As mulheres no topo desta pirâmide. Ando a ler O Tempo das Criadas - A condição Servil em Portugal (1940-1970), de Inês Brasão. O estilo é demasiado académico para o meu gosto, mas o tema é absolutamente fascinante.

image.jpg

publicado às 13:15

11
Mai15

Pic-nic

Estou numa daquelas fases em que, se pudesse, desistia de trabalhar e dedicava-me só a ser mãe e cozinhar e passar tempo com os meus putos e os meus amigos. É uma coisa que me acontece de vez em quando e com mais frequência nesta altura do ano, em que os dias começam a ficar compridos e o calor pede sandálias e esplanadas e sangria. Por muito que goste do meu trabalho (e de uma maneira geral até gosto) neste momento apetecia-me mesmo era ficar de férias até outubro.

picnic.jpg

no domingo foi assim, num Jardim da Estrela a abarrotar, a malta deitada na relva, a criançada à solta e nós a cantar os parabéns a uma grande amiga. coisa boa.

publicado às 18:04

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor