Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



28
Dez16

Os meus joões

"Vou estar pelos teus lados, queres almoçar?" Bastou uma mensagem assim para estar com o único amigo que tenho no Porto. Raramente nos vemos, para falar a verdade podemos até passar anos sem falarmos, mas quando nos encontramos é bom como sempre. Falamos de tudo e de nada, calamo-nos, abraçamo-nos muito, dizemos umas parvoíces, discutimos o sentido da vida, ou pelo menos o sentido das nossas vidas. É uma daquelas amizades sem merdas, sabem? Uma coisa rara entre homens e mulheres: uma amizade sem equívocos. Tenho a sorte de ter alguns (poucos, não chegam a uma mão cheia) bons amigos homens assim. 

Curiosamente, chamam-se todos João.

Tags:

publicado às 21:04

Calhou estar na noite de natal em casa de uma amiga, ela ter recebido um gira-discos de presente e nós estarmos naquele momento a explorar os discos de vinil da nossa juventude. Calhou ela ter, ali, o Last Christmas e o Careless Whisper em 45 rotações e, de repente, sabermos que George Michael tinha morrido e ficarmos todos meio nostálgicos. A lembrarmo-nos. Aos 10 anos, dançávamos assim, aos saltinhos, a agitar os braços, muito leves, muito felizes. Mesmo crescida, sempre gostei mais do George Michael que se dançava do que daquele que sofria em melosas baladas românticas. Não posso dizer que tenha sido um músico assim muito importante para mim mas admito que, muito por causa do trabalho mas não só, tenho ouvido as suas canções nos últimos dias e é verdade que as conheço quase todas e até sei cantar os refrões. Acho mesmo que é preciso ter crescido nos anos 80 para entender isto. 

Wake Me Up Before You Go Go (1984)

I Want Your Sex (1987)

Faith (1987)

Too Funky (1992)

Outside (1998)

 

publicado às 08:35


Mais sobre mim

foto do autor