Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Bia Ferreira, Cota não é esmola

Estas últimas semanas não têm sido fáceis. Muito trabalho (bom trabalho, mas muito). O Pedro esteve doente. Depois eu estive doente. E nem me atrevo a queixar-me muito porque nos dias que correm, com tanta coisa má que acontece à nossa volta, uma gripe nem sequer é doença que valha a pena mencionar. Estas últimas semanas não têm sido fáceis. Também porque o mundo está um lugar cada vez mais perigoso.

Mas depois ouvimos esta Bia brasileira e maravilhosa e, nem que seja por uns instantes, acreditamos que coisas boas ainda vão acontecer.

Coisas boas vão acontecer. (repetir quantas vezes forem necessárias)

publicado às 16:44


Mais sobre mim

foto do autor