Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



12
Out08

Coisas de nada

O meu quotidiano está cheio de pequenos gestos. Emparelhar as meias, dobrar as cuecas, sacudir as migalhas da torradeira, mudar o saco do aspirador, fazer o café, ferver a água para os biberões, esterilizar os biberões, arrumar as gavetas, arrumar os armários, separar os jornais para reciclar, carregar as pilhas da máquina fotográfica, estender a roupa lá fora, mudar a roupa para dentro por causa da chuva, deitar fora os remédios que estão fora do prazo, fechar o gel de banho, fechar o champô. O meu quotidiano está cheio de pequenos gestos. Pequenos nadas. Quase passam despercebidos. O meu homem julga que eu passo o dia recostada no sofá a ver televisão. Surpreende-se quando está um dia inteiro comigo em casa: mas tu não te sentas, mulher?, o que andas a fazer? Tanta coisa. Apanhar os carrinhos espalhados pela casa, escolher a roupa do miúdo, pôr o bebé a arrotar, bater as almofadas, mudar as toalhas da casa-de-banho, endireitar as molduras, limpar a bancada, encher o açucareiro, arejar os quartos, organizar os álbuns de fotografias, aspirar atrás do guarda-fato, arrumar os papéis, deitar fora as facturas de 1999, organizar os livros na estante, guardar os cobertores quando chega o verão, limpar o aquecedor quando começa ficar a frio. Picuinhices? Para dizer a verdade estas tarefas parecem menores. Não podem sequer entrar na nossa divisão de tarefas, do género tu lavas a loiça e eu trato das minhoquices. Não iria funcionar. Mas.. e se eu não as fizesse? Se não verificasse sempre se há rolos extra de papel higiénico na casa-de-banho? Se não lavasse os casacos que estão há meses no benagaleiro? Se não fizesse a lista de compras? Se não me lembrasse de comprar o detergente? Se não trocasse os panos da loiça quando já começam a cheirar mal? Se não deitasse fora o pão bolorento? Se não tirasse das gavetas a roupa que já não serve aos miúdos? Se não lhes arranjasse roupa nova para eles vestirem? O meu quotidiano está cheio de pequenos gestos. Coisas de nada. Mas são esses nadas que mantêm a engrenagem a funcionar. E fazem com que a [vossa] vida pareça tão fácil.

publicado às 22:08


19 comentários

Sem imagem de perfil

@na 13.10.2008

pequenos nada que se enchem de significado apenas quando ninguém os faz. É o lubrificante da engrenagem.
Sem imagem de perfil

Elsa A 13.10.2008

E pronto. Fiquei sem palavras. Eu que às vezes até tenho a mania que jogo bem com elas.Fiquei sem palavras porque tudo o que sempre pensei sobre a "divisão de tarefas" ficou dito neste post. Porque tantas vezes penso no dia que terminou e me lembro de quando passava o dia sem perceber "por que raio a minha mãe não pára um segundo". Porque só agora percebo e nunca o consegui verbalizar.Finalmente alguém o disse e escreveu - obrigada!
Sem imagem de perfil

Anónimo 13.10.2008

venho visitar o blogue todos os dias. Faz parte da minha rotina.... É engraçado, esta sou eu! Mas o mais engraçado é que são os gestos que mais gosto, que me fazem sentir essencial nesta família. O jantar, a louça passava bem sem eles. joanamoreira@jsilvamoreira.pt
Sem imagem de perfil

Joana Pestana 13.10.2008

Esses pequenos nadas conseguem passar mesmo despercebidos...
Excepto quando ninguém os faz.
É nessas alturas que nos admiram como se fossemos umas super mulheres: "mas como tens tempo para fazer isso tudo???"
Sem imagem de perfil

Menina 13.10.2008

Isto não devia estar aqui, mas sim num jornal. Na primeira página. Porque penso que faltarão ainda uns 50 anos até chegarmos a essa "suprema divisão de tarefas". As coisas que ninguém vê, mas que todos sentem falta.
Sem imagem de perfil

Ana Rangel 13.10.2008

Eu acho sempre que o que eu faço não se vê e descubro que há mais quem pense assim... :)
Sem imagem de perfil

KITTY 13.10.2008

Como eu te compreendo. Vivo com o meu namorado que deve ter a ilusão que essas coisas aparecem feitas! Não há meio de ele perceber o tempo que se perde com essas "coisinhas de nada" e que por sinal acabam por cansar. Também já tentei dividir essas tarefas mas não dá...

*BJS*
Sem imagem de perfil

Anónimo 13.10.2008

Lindo, lindo! Tal e qual por aqui...
Sem imagem de perfil

Cristina 13.10.2008

Muito bem observado!

:)

Cristina
Sem imagem de perfil

Anónimo 13.10.2008

Não te esqueças do IRS!!!!
bjs
H.P.

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor