Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A casinha, sim, mas agora também o chapéuzinho vermelho (versão brasileira, claro) e as cartas rasgadas (da Adriana Calcanhotto, também brasileira). Pela estrada fora eu vou bem sozinha levar estes doces para a vovózinha. Rasgue as minhas cartas e não me procure mais, assim será melhor. Isto tudo depois de já ter contado uma história, vitória, vitória, e de ter dado muitos beijinhos. O ritual para adormecer cresceu tanto quanto ele, que agora já não usa chucha e diz boa noite antes de dormir. Ainda é uma beleza mas dá um bocado mais de trabalho.

publicado às 22:08


Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor