Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Não consigo sair de casa com a cama por fazer. Ou loiça por lavar.
Guardo os restos da comida em tupperwares e reaproveito tudo noutras refeições.
Dou por mim a comprar iogurtes só por causa da bolsa térmica que vem como brinde.
Abro as embalagens das pomadas e do gel de banho até gastar tudo mesmo até ao fim.
Tenho roupa para estar em casa e roupa para ir à rua.
No supermercado comparo os preços e vou-me rendendo cada vez mais à marca branca.
Tenho saudades de comer favas.

Más notícias, meu amor: acho que me estou a transformar na minha mãe.

publicado às 13:17


3 comentários

Sem imagem de perfil

Anónimo 21.08.2008

Então é assim: Até aos meus quarentas e tais tudo isso me preocupava. Agora já na casa dos 60aprendi a fazer as coisas quando me apetece fazê-las. Cama faço quando me deito. Loiça, trato quando me apetece. Compras só quando não pode deixar de ser. Restos? nem pensar! Por acaso essa da roupa confortável para estar em casa partilho. A minha Mãe que felizmente ainda vive praticava tudo isso mas também já se rendeu a outras prioridades. Modernices!!!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor