Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



04
Nov08

It's killing me

O pior não são as noites mal dormidas, as correrias para lá e para cá, os bifes descongelados à pressa, o arroz que não sabe a nada, o pior não é a roupa que se acumula para passar a ferro nem o pó em cima da televisão, não é a balbúrdia dos banhos e do jantares com gritos e choros pelo meio nem é o facto de às dez e meia da noite já estar mais morta do que viva, o pior de tudo, aquilo que me angustia mesmo, é pensar que não vou conseguir fazer isto tudo tão bem como gostaria. Que quase não tenho tempo para brincar com o bebé. Que quase não tenho paciência para jogar à bola com o miúdo. Que os fins-de-semana não são tão prazeirosos como era suposto. Isso é que é o pior. E só espero que no meio desta loucura que é a nossa espécie de vida eu tenha capacidade para evitar falhas realmente graves. Estou preparada para regredir na carreira e para ser a pior dona-de-casa mas não iria suportar olhar para trás um dia e perceber que tinha sido uma mãe medíocre.

publicado às 11:29


11 comentários

Sem imagem de perfil

SMS 04.11.2008

Olha, estou como tu. Sinto isso todos os dias. Vezes demais acontece que quando tenho tempo (o que acontece muito raramente) não tenho paciência. E sinto que já sou, vezes demais, uma mãe imprestável. Medíocre. E sabes o que é pior? Vou ter outro. E sim, estou morta de medo. A achar que sou uma idiota. E pronto, agora vou ali chorar que as hormonas estão - também - killing me.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor