Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Isso. Exactamente isso em que estão a pensar.

publicado às 09:37

Uma pessoa abraça um filho que chora com uma ferida na cabeça. E abraça outro filho que chora de preocupação pelo mano. Uma pessoa faz-se de forte, porque tem de ser, percorre corredores ocupados por velhotes em macas, ignora as gotas de sangue na blusa branca, desenha letras para a criança ler enquanto espera a sua vez, ta-pe-te, po-te, pa-to, encara a ferida e finge que não é nada, fala baixinho enquanto a médica dá quatro pontos na testa, e chega a casa, exausta, depois de um serão passado nas urgências de Santa Maria, distribui miminhos e põe os miúdos na cama. E quando finalmente tudo termina e a casa fica em silêncio esta pessoa também precisava de um abraço e de alguém que lhe dissesse que vai correr tudo bem.

 

(sim, está tudo a correr bem, não há motivos para preocupações. e felizmente não estávamos sozinhos, estávamos com amigos que cuidaram de nós. sou uma sortuda. no meio da atrapalhação que é esta minha vida, e das várias tropelias em que os meus filhos se metem, tenho uma sorte imensa. e tenho muitas pessoas especiais na minha vida, com quem posso mesmo contar. nunca me esqueço disto. mas às vezes, só às vezes, precisava de um pouco mais.)

publicado às 11:11

Espalhar creme nas costas.

publicado às 13:04

Uma pessoa gosta de cozinhar e experimentar receitas e isso é tudo muito bonito mas, e agora, quem é que vai comer isto?

(está uma delícia...)

publicado às 20:56

Abrir frascos.

publicado às 14:09

Conversar. Perguntar como foi o teu dia. Contar o meu dia. Comentar coisas sem importância. Falar da chuva. Dizer mal do governo. Criticar os chefes. Contar as novidades. Falar por falar. Dizer em voz alta o que me vai no pensamento. Posso dizê-lo às crianças mas não é a mesma coisa. E, depois, às nove e meia da noite calo-me. E assim fico.

Conversar. É das coisas que me faz mais falta.

publicado às 10:00

Carregar as compras.

Já nem digo fazer as compras mas, ao menos, carregá-las, sobretudo naqueles dias em que decidimos usar o talão de 10% de desconto do continente.

publicado às 19:48

Levar o carro à oficina.

publicado às 12:02

Descobrir às seis e meia da tarde que temos um jogo do benfica à porta de casa.

publicado às 21:04


Mais sobre mim

foto do autor