Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Enroscamo-nos os três no sofá para ver os jogos importantes. Raramente torcemos pela mesma equipa (e na final também vai ser assim) mas isso não nos atrapalha. Enroscamo-nos os três no sofá e assim ficamos um serão inteiro, com o António a explicar quem são os jogadores e a ensinar-me outras coisas interessantíssimas, como o facto de o Messi ter um filho chamado Tiago (não sabias, mãe?), e o Pedro a alinhar na conversa como se percebesse alguma coisa de bola até cair para o lado de cansaço. Enroscamo-nos os três no sofá, com pernas entrelaçadas e mãos apertadas e cabeças encostadas, todos misturados até já não se perceber quem é quem. E eu queria guardar estes momentos para sempre (sobretudo para me lembrar deles naqueles outros momentos em que há miúdos que se portam mal e uma mãe que também não se porta lá muito bem).

publicado às 00:17


2 comentários

Sem imagem de perfil

macacagravaporcima 10.07.2014

:-) "que bem dizido"

ontem lá em casa foi parecido... também tenho 2 miúdos (o marido de 33 e o filho de 3) :-D
Sem imagem de perfil

Raquel 10.07.2014

Cá em casa também é assim, aliás já é assim desde 2004, mas nesse ano eram duas crianças no sofá e uma na barriga...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor