Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sentada na minha secretária, com auscultadores nos ouvidos, até me arrepiei a ouvir os cantores de Serpa a cantar o 'Alentejo, Alentejo', lá em Paris, logo depois de a Unesco ter aceite a inscrição do cante como património cultural imaterial da humanidade. Parabéns. A todos os que cantam. A todos os que trabalharam nesta candidatura. A todos nós, alentejanos. O fado pode ser muito bonito, pois pode, mas não é coisa nossa.

(e agora arrepio-me outra vez a ouvir isto, como sempre, aliás)

publicado às 10:46



Mais sobre mim

foto do autor