Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



16
Abr16

Des-ensinar

O meu filho, que tem 12 anos e está no 6º ano, tem um trabalho de ciências para fazer: 10 páginas em letra Arial 12 sobre vacinas. Leram bem: 10 páginas em letra Arial 12 sobre vacinas. Fiquei estupefacta, mandei-o confirmar com a professora se 10 páginas seria o mínimo ou máximo. Ele confirma que são "no mínimo" 10 páginas. Não sei o que a professora lhe disse mas o rapaz ficou tão obcecado com estas regras que nem na folha de rosto do trabalho quer pôr uma letra um bocadinho maior, porque "a setôra não deixa". Eu até acho que os miúdos aprendem muito melhor as matérias se fizerem trabalhos em vez de testes. Mesmo. Mas isto não é normal. No ciclo eu fazia fantásticos trabalhos em cartolina, com desenhos, colagens e pequenos textos, que depois colocávamos na parede da sala de aula. 10 páginas tinham alguns dos meus trabalhos universitários. A professora de ciências espera que ele produza sozinho um trabalho de 10 páginas em Arial 12 (com umas imagens lá pelo meio, vá, só para ficar mais bonito)? A professora quer que o miúdo escreva 10 páginas sobre vacinas sem ir copiar parte do texto a sites científicos com coisas que ele não tem capacidade para perceber? Não seria melhor ele fazer só 5 páginas mas com coisas que ele efectivamente compreendesse? Ah, já sei, a professora quer avaliar os pais dos alunos, é isso? A professora vai ler todos os 30 trabalhos de 10 páginas em Arial 12 destes alunos (e mais os das outras turmas) com atenção ou vai só dar uma vista de olhos para ficar com uma ideia do que eles fizeram? Tantas dúvidas, tantas dúvidas.

Fico doida com estas coisas. Só espero que ele aprenda alguma coisa com esta empreitada. Entretanto, temos o fim de semana lixado, está visto.

publicado às 11:17


7 comentários

Sem imagem de perfil

Anónimo 16.04.2016

Concordo totalmente consigo.
Sem imagem de perfil

Joana 17.04.2016

Página 1. Capa
Página 2. Índice
Página 3. Índice figuras
Página 4. Introdução
Páginas 5-8. Corpo
Página 9. Conclusão
Página 10. Referências bem formatadas (APA style)

Não tens de quê. :)

P.S. Tenho um doutoramento, percebo mais ou menos disto de fazer trabalhos e cenas.
Sem imagem de perfil

Curiosa 07.05.2016

Tem um doutoramento e não sabe que a capa não é paginada? :)
Sem imagem de perfil

Anónimo 07.05.2016

Claramente não foi um bom doutoramento. ;-)
Imagem de perfil

Maribel Maia 18.04.2016

Se os estudantes se empenharem no trabalho, certamente, aprenderão muito e de forma mais interessante, e provavelmente serão recompensados com boa nota se o trabalho for bom!
Sem imagem de perfil

Anónimo 19.04.2016

a questão é que os alunos poderão aprender de forma muito interessada e empenhada, e ainda ter uma boa nota.... com um trabalho mais pequeno! 10 pág em letra 12 é a dimensão de um projecto de investigação, tira ou põe uns pós...!!
Sem imagem de perfil

ELSA VENTURA 19.04.2016

Concordo inteiramente. Acho que existe uma nova forma de avaliação que é aos pais e não aos filhos. Além do trabalho que os pais têm, isto acaba por desobrigar os nossos filhos de porem a sua criatividade a trabalhar pois somos nós que acabamos por o fazer. A minha filha anda no 5º ano e este fim de semana teve que fazer um trabalho de inglês sobre os costumes e tradições da África do Sul. É suposto um aluno do 5º ano em inglês saber (pelo menos foi o que deram) o verbo to be, to have, as rotinas, descrever pessoas, a sala de aula e a casa. Para o trabalho foi necessário pesquisar na internet e em livros, encontrando um vocabulário complicadíssimo, que com esta idade ainda não sabem e portanto os pais lá foram avaliados, os alunos não aprenderam nada e toda a família perdeu tempo para nada!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor