Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Recebemos as directrizes para mais uma maratona de ensino à distância. Desta vez já é a sério, dizem-nos as directoras de turma. E, como tal, os horários à distância são exactamente iguais aos horários presenciais. Ou seja, os miúdos têm um bloco de cinco horas por dia de aulas no computador e há pelo menos dois dias por semana em que há mais um bloco de uma hora e meia de aulas. Os intervalos são de dez minutos. Isto sem contar com o tempo para fazer trabalhos de casa ou ter explicações, também em videochamada. 

Tem tudo para correr bem, não tem?

Parece que ninguém se lembrou que o nível e tempo de concentração online é muito mais reduzido. E que em casa, sozinhos, em frente ao computador, os miúdos não têm momentos de relaxamento a falar com os amigos, a apanhar ar e a parvejar todos juntos. 

Já para não falar do cansaço extremo que isto vai implicar para os professores.

Qualquer pessoa que já tenha participado em reuniões por zoom sabe que estes horários são de loucos. Menos o ministro da Educação, claro, que continua fechado no seu gabinete e a dizer que está tudo a correr maravilhosamente.

Ah, e também tivemos de comprar mais um computador. Estive até agora à espera dos tais computadores anunciados para todos os alunos mas... nada. Nem de uma escola nem de outra. Ainda estão à espera de computadores para os alunos mais carenciados, portanto quando chegarem à classe média já os putos devem estar à procura de emprego ou assim.

Nem acredito que estamos outra vez a ter esta conversa.

publicado às 11:07


Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor