Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Gata Christie



Sexta-feira, 16.02.18

Nas traseiras do sonho americano

Não está nomeado para melhor filme - apenas para ator secundário, Willem Dafoe - mas é, na minha modesta opinião, melhor do que vários dos nomeados na categorias principais. The Florida Project, de Sean S. Baker, mostra-nos o dia-a-dia de Moone, uma rapariga de seis anos (interpretada por Brooklyn Prince), e da sua mãe (Bria Vinaite), que vivem no Magic Castle, um motel ao lado da Disneyland. Os prédios podem ter cores garridas mas dentro daqueles quartos não há turistas a caminho do mundo encantando do Mickey e da Minnie. Só gente marginalizada pela sociedade, desempregados, imigrantes ilegais. Sobrevivendo de biscates, sempre atrasadas a pagar a renda e sem dinheiro sequer para as melhores refeições, mãe e filha conseguem, apesar de tudo, encontrar momentos de verdadeira felicidade, sobretudo a miúda que passa os dias brincando com os amigos nos recantos do motel e nos arredores, sem qualquer supervisão de adultos, entre partidas inofensivas e conversas que tanto são super infantis como podem ser bastante emotivas.

Filme independente, no melhor sentido da palavra, e bastante realista (quase poderia ser um filme português, e digo-o sabendo que estou a evocar vários estereotipos que se calhar já não fazem sentido mas foi exactamente o que senti ao vê-lo), feito quase só com actores desconhecidos e sem grandes meios (a última cena foi filmada com um telemóvel porque a produção não teve autorização para filmar dentro do parque temático),The Florida Project é um verdadeiro achado para aqueles que (como eu) não têm paciência para as exaltações em torno de The Shape of Water/ A Forma da Água, o filme de Guillermo del Toro que, tudo indica, se prepara para arrebatar os principais prémios da Acadamia de Hollywood.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Gata às 15:30


2 comentários

De CD a 16.02.2018 às 18:06

Depois de ler este texto, quero muito ver este. Obrigada pela partilha.

De Inês a 22.02.2018 às 12:27

Vi há uns dias e gostei tanto! Talvez o meu preferido deste ano (e já vi todos os nomeados). História bem contada, personagens cativantes (principalmente a miúda) e muito bem filmado, adorei.

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog  




Mais sobre mim

foto do autor