Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Lembram-se de eu ter falado na Vivian Maier?

Pois que no próximo dia 13 de janeiro inaugura no Centro Cultural de Cascais uma exposição desta fotógrafa norte-americana que viveu entre 1926 e 2009. Vivian Maier trabalhava como ama e, ao mesmo tempo, ia tirando fotografias incríveis nas ruas por onde andava. E com mais uma particularidade: raramente revelava as fotografias que tirava. Só depois da sua morte foram encontradas caixas com centenas de provas e negativos - que haveriam de revelar uma das mais extraordinárias street photographers de meados do século XX.

PF106666.jpg

(autorretrato)

PF107481.jpg

PF108595.jpg

A exposição pode ser visitada até 16 de maio.

A história e o trabalho de Vivian Maier estão bem documentados AQUI.

Também há um documentário, Finding Vivian Maier, de John Maloof e Charlie Siskel (2013). Pode ser que o apanhem por aí. Vale muito a pena.

E se gostarem da Vivian Maier aproveitem para descobrir Masha Ivashintsova, uma fotógrafa russa que captou a vida familiar e social na Leninegrado das décadas de 1960, 70 e 80. O seu trabalho é muito diferente do de Maier mas existem algumas pontes entre elas, nomeadamente o facto de não mostrarem as suas fotografias a ninguém.

Tags:

publicado às 16:29


1 comentário

Imagem de perfil

Maria Araújo 15.01.2021

Fez-me lembrar que li e vi algures sobre esta senhora.
Pena que a exposição seja em Cascais.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor